Recado do CACOS

abril 14, 2009 - Leave a Response

Caros estudantes do curso de Comunicação Social,

O Cacos promoverá a 2ª ASSEMBLEIA GERAL  no dia 15/04,(quarta-feira), às 12:00 horas, no átrio do cemuni V. Os professores estão cientes e liberarão os alunos que estiverem interessados. Mas, como o Cacos acredita que o BOB ESPONJA É DE INTERESSE DE TODOS OS ESTUDANTE DO CURSO, sair mais cedo e participar da assembleia só contribuirá para tomarmos as medidas eficazes em relação ao prazo que nos foi dado sobre o BOB ESPONJA.

VAMOS AO QUE INTERESSA: Depois de mais de um mês fiscalizando a obra, a equipe do blog NOSSO BOB e o Cacos concluíram que nossos pedidos não serão atendidos, uma vez que o LabÁudio não será entregue no prazo (16/04), os quadros ainda nem apareceram, muitas coisas precisam de acabamento, o que demanda tempo, entre outros.

SENDO ASSIM, essa assembleia será fundamental para colocar em xeque o cumprimento do acordo estabelecido entre alunos e Reitor.

NO DIA 15/04, às 12h, VOTAREMOS SE:

X) VAMOS PROTESTAR COM MARCHA PELA UFES E FAZER MUITO BARULHO NOS DIS 16 E 17 DE ABRIL E OCUPAR O BOB DEPOIS DO FERIADO, COM A INTENÇÃO DE PRESSIONAR TODOS OS ENVOLVIDOS COM O  PRÉDIO.

OU

Y) VAMOS ESPERAR POR MAIS UM PRAZO, SEM PROTESTO, SEM OCUPAÇÃO, MAS PERMANECENDO COM A PRESSÃO NA FISCALIZAÇÃO DO PRÉDIO.

O BOB É NOSSO?

SÓ SABEREMOS SE VOCÊ ESTIVER PRESENTE NA ASSEMBLEIA E VOTAR.

P.S: O Cacos não poderá realizar a assembleia no auditório do cemuni IV (como na primeira vez), pois estará indisponível para a semana toda.

Apesar de você
amanhã há de ser outro dia.
Eu pergunto a você onde vai se esconder
Da enorme euforia?
Como vai proibir
Quando o galo insistir em cantar?

CACOS 2009- GESTÃO CARA, CADÊ MEU CACOS?

Últimas notícias

abril 12, 2009 - Uma resposta
A equipe Nosso Bob, neste domingo, coloca no ar mais um boletim, com novidades e fatos interessantes. Embora a expectativa gerada pela proximidade do dia 16 de abril faça com que a ansiedade aumente bastante, continuaremos apurando com minuciosidade, no decorrer da próxima semana – a derradeira! -, os movimentos da polêmica obra do prédio de audiovisual do Centro de Artes.

Na segunda-feira, dia seis, a equipe deste humilde blogue deparou-se com os manos do ar condicionado superfelizes. Alegavam que o trabalho estava por um fio e que, para darem adeus ao Bob, só faltava que “rasgassem” as paredes de t-o-d-a-s as salas para que a drenagem dos aparelhos estivesse estabelecida e, conseqüentemente, as salas liberadas para o uso. O amigo leitor, muito ávido por informações mastigadas, deve estar se perguntando: no que consiste “rasgar” as paredes para a drenagem? Simples. Abrir buracos no concreto – já pintado – para que os canos responsáveis por esvair a água, produzida no processo de resfriamento, sejam devidamente alojados. São inúmeras salas, inúmeros aparelhos e trabalho em demasia, companheiro que nos lê. Para que a promessa acerca dos aparelhos de ar condicionado seja cumprida, a empreiteira vai ter que colocar muita gente para trabalhar. Mas gente mesmo. Muita!

Ainda na segunda, outra evidência de atraso na execução das promessas saltou aos nossos olhos. O LabÁudio provisório não havia recebido sequer o rodapé, isto é, a sala não tinha pintura, faltavam os aparelhos de ar nos seus devidos lugares e os nossos equipamentos laboratoriais, apesar de nossas denúncias, ainda estavam misturados à sujeira. Sem contar, a título de curiosidade, o tratamento acústico. Calamitoso!

Imediatamente apos tais constatações, o Centro Acadêmico foi avisado, de modo que se fez necessário colocar em xeque o cumprimento do acordo estabelecido entre alunos e reitor. Nenhum professor do DepCom foi localizado naquela tarde chuvosa de segunda-feira.

A equipe Nosso Bob partiu para o prédio inacabado, na terça-feira, dia sete, sob forte chuva. Lá, tivemos a inusitada (e ilustre) visita da diretora do Centro de Artes, professora Cristina Engel, que pediu para que as lâmpadas, já instaladas nas salas, fossem removidas e trocadas por luminárias mais potentes, atrasando, com isso, a finalização da parte elétrica. Dúvida: uma vez que as lâmpadas que serão trocadas estão lá desde que a equipe Nosso Bob começou a visitar a obra, será que esse pedido não poderia ter sido feito antes? Pouparia e adiantaria, nesse caso, o trabalho dos funcionários da empreiteira. Além da nossa lamentação, evidentemente.

Diante da situação espinhosa do espaço que ocupará o Laboratório de Áudio provisório, os responsáveis por este texto resolveram, juntamente com os professores Fabio Malini e Fabio Goveia, colocar a mão na massa. A fim de liberar a sala para que os trabalhos começassem de uma vez por todas, juntamo-nos aos manos e arregaçamos as mangas na empoeirada tarefa de conduzir os nossos equipamentos a outro recinto. Muito suor e muito esforço – sem exagero -, leitor! A primeira recompensa veio quase que imediatamente: o material que seria utilizado para pôr o rodapé foi colocado dentro da sala quando o dia anoitecia, ainda na terça-feira.

O andamento da obra não está em um ritmo favorável, estamos atentos. O Centro Acadêmico de Comunicação Social está ciente e, ante a tal situação, tomará, junto aos alunos, as medidas necessárias para que as promessas – anunciadas em um acordo formal entre estudantes e órgãos universitários – sejam cumpridas. O Bob é nosso!

Boletim da patrulha

abril 5, 2009 - Leave a Response

rt19_rt19h_rt19s

 Rolou nessa última sexta-feira mais uma patrulha Bob Esponja com alunos membros do Centro Acadêmico de Comunicação Social – CACOS – e com a equipe Nosso Bob, para fiscalizar a construção do Bob Esponja. As conclusões sobre o desenrolar da obra foram bem parecidas com as anteriores: as coisas estão andando. Os laboratórios de foto e de vídeo provisórios já estão praticamente prontos, só faltam a pintura e a instalação dos aparelhos de ar condicionado à rede elétrica. Aliás, são justamente esses dois itens que precisam ser concluídos nas salas do primeiro andar.

O grande problema agora parece ser o LabÁudio, já que a estrutura dele pouco evoluiu. Questionado sobre esse ponto, o encarregado da obra disse que a sala onde será o laboratório está repleta de equipamentos, o que o impede de trabalhar nessa seção do prédio.


 

De fato, a sala está cheia de tralhas dos antigos LabFoto e LabCom que, diga-se de passagem, estão estocadas de forma inadequada (ver post do dia 28 de março). Cabe agora ao departamento indicar um local para colocar nossos equipamentos, de modo que não atrapalhe a já atrapalhada obra do Bob e que não detone os aparelhos.

O boletim de hoje

março 31, 2009 - Leave a Response

Muita disposição no Bob. O laboratório de foto menor – espaço que alojará o LabFoto de Comunicação Social provisório – já está recebendo o acabamento e, provavelmente, será pintado nesta sexta-feira. Para corroborar tamanha investida, o professor Fábio Goveia, do DepCom, e o fiscal da Prefeitura Universitária, Cláudio, farão um teste no material que será utilizado pela mão-de-obra da empreiteira, ainda na quinta-feira, para averiguar se a tinta que será usada atende às especificidades do laboratório. Excelente notícia, leitor, excelente!

O trabalho da equipe do ar condicionado, alegre-se, já está dedicado ao térreo. Além das marretadas nas paredes dos ambientes que alojarão os laboratórios provisórios, os trabalhadores já se dedicam às salas menores e aos espaços que acomodarão as ilhas de edição de vídeo. Posto que faltam pouquíssimos detalhes, os manos do gesso trabalharam em um ritmo bem mais calmo hoje. Eles também já voltam seus esforços para o térreo.

Felizmente, o trabalho já é uma realidade no Bob Esponja.

Bobcast #3

março 30, 2009 - Leave a Response

Bobcast #3. O professor Júlio Martins fala sobre as condições de trabalho nos laboratórios provisórios. Ouça!

btn_bcast3

Novo boletim

março 28, 2009 - 2 Respostas

Na postagem do dia 25 de março, falamos da situação precária do ambiente onde estão alojados os equipamentos de vídeo, no ELC, – sobretudo por conta dos buracos abertos na parede do LabVídeo – e sobre a indubitável conseqüência que isso trará para a vida útil de nossos equipamentos laboratoriais.

Essa precariedade não se limita ao prédio do CCJE, leitor. No início do semestre, o laboratório de computadores – LabCom – e o laboratório de foto – LabFoto – foram desocupados e seus respectivos equipamentos conduzidos para o Centro de Artes. Até aqui, ótimo. O problema surge quando o lugar escolhido, no CAR, para guardar as ferramentas laboratoriais é o próprio sujo, inacabado e úmido Bob Esponja. O resultado dessa brincadeira pode ser conferido nas fotos tiradas pela equipe do Nosso Bob (clique aqui). Uma análise longe de minuciosa demonstra o quão improcedente é o espaço para alojar qualquer objeto. Perceba que estamos falando dos nossos equipamentos. Lamentável.

Cadeiras e os entulhos

Cadeiras e os entulhos

A obra

A mão-de-obra esteve dedicada, hoje, na pintura do laboratório de foto maior – o que vai ser utilizado, neste semestre, como LabVídeo provisório. Os manos continuam empolgados para finalizar a obra o mais rápido possível. Que bom.

A equipe do ar condicionado adiantou mais uma parte do trabalho, posto que mais salas do primeiro andar receberam os equipamentos. Que ótimo. Câmbio.

 

1º Concurso Cultural NossoBob – CCNB

março 27, 2009 - 2 Respostas

1º Concurso Cultural NossoBob

O Homem se comunica através das artes há muito tempo. E em épocas de crise, repressão, protesto e outras ocasiões que agitam a sociedade, essa forma de expressão sempre foi bem-vinda e, na maioria das vezes, cumpriu um papel importante de alertar e mobilizar a massa.

Tendo em vista o momento que estamos vivendo na Ufes e toda a polêmica sobre a falta de salas de aulas, os passos de tartaruga da obra, verbas e tudo mais, nós do NossoBob propomos o 1º Concurso Cultural Nosso Bob.

Você que gosta de escrever terá a chance de concorrer ao troféu “Lula Molusco Literário”, que premiará a melhor crônica e o melhor poema. Sua praia é a fotografia? Não se preocupe. O troféu “Sandy, a Esquila Fotógrafa” foi criado pensado em você! Mande o seu melhor clique sobre a saga do nosso querido prédio inacabado e concorra a 15 minutos de fama e uma camisa supimpa. Por último, mas não menos importante: teremos a categoria “Gary, o Último Ilustrador”, para premiar a melhor ilustração desta história de aventura, paixão e suspense.

 

-Vocês estão prontas, crianças?

-Estamos, capitão!

-Eu não ouvi direito…

-Estamos, Capitão!

Então, mãos à obra.

 

Inscrição:

Os concorrentes deverão mandar um e-mail para nossobob@gmail.com com nome, curso, período e a sua manifestação artística* até o dia 9 de abril.

* 1-As peças escritas (crônicas ou poemas) deverão ser enviadas no corpo do e-mail.

* 2-As fotos e as ilustrações deverão ser postadas em algum site de hospedagem de fotos/imagens (preferencialmente o Flickr) e o link referente à obra deverá ser enviado no corpo do e-mail.

Avaliação:

A primeira fase de avaliação será feita pelos membros do blog e alguns convidados. Essa etapa será encerrada no dia 9 de Abril às 18:00 horas.

Após a escolha dos 5 finalistas de cada categoria, teremos uma votação online que será do dia 10 ao dia 16 de abril.

Premiação:

Uma camisa com estêncil do Bob e o respectivo troféu.

—–/—–

Boletim diário

março 27, 2009 - Leave a Response

Na visita de hoje, a equipe Nosso Bob teve a oportunidade de conversar por um bom tempo com os pedreiros. Eles reiteraram que o prazo firmado entre estudantes e o empreiteiro é viável, uma vez que o ritmo de trabalho está acelerado. Além disso, conferimos que os aparelhos de ar condicionado já foram instalados em algumas salas do primeiro andar. Mas, como já estamos vacinados contra promessas de empreiteira, continuaremos acompanhando a obra e fazendo nossos boletins diários.

 

Novo Boletim

março 25, 2009 - Leave a Response

Mais um dia atípico no Bob. As lâmpadas já emitem luz. O gesso está posto. O ar condicionado está a caminho. Muitas mudanças, companheiros. Os pedreiros  da obra – dez (creia que são muitos) – estavam cantarolando e trabalhando a todo vapor. A equipe Nosso Bob entrou no prédio e encontrou a mão-de-obra dedicada na pintura da parede e na finalização da parte elétrica. Com tanta evolução evidente, dá até para arriscar que o prazo estipulado com a empreiteira vai ser cumprido. É o que esperamos com ansiedade.

No CCJE

Buracos nas paredes do lab video

Buracos na parede do LabVídeo

Tentamos entrevistar a diretora do Centro de Ciências Jurídicas e Econômicas, professora Sônia Dalcomuni. Não fomos felizes na investida. A entrevista foi marcada pela própria professora, hoje, às 14, na sala da presidência do CCJE. Na contramão do acordo firmado com a equipe deste humilde blog, Dalcomuni não nos recebeu, alegando, como justificativa, uma entrevista com o vice-reitor na próxima terça-feira. O que uma coisa tem a ver com a outra, leitor, é o que ainda nos questionamos.

Para o amigo que não entendeu o porquê da entrevista com a professora Sônia: nosso antigo prédio de laboratórios – ELC – funcionava no CCJE. Tendo em vista que os laboratórios da Comunicação seriam transferidos para o Bob Esponja, no início deste semestre esse edifício começou a ser reformado para dar lugar ao curso de Gemologia. Como todos sabem, o ano letivo começou e nada do Bob ficar pronto. Foi feito um acordo, então, para que as obras no ELC não atingissem os laboratórios até que o processo de mudança estivesse concluído. O grande problema foi o descumprimento do combinado, já que as marretadas dos pedreiros fizeram dois furos na parede do LabVídeo, expondo todo o equipamento à poeira.

Ainda estamos na expectativa de entrevistar a professora Sônia Dalcomuni. Câmbio.

Boletim diário

março 24, 2009 - Uma resposta

Um dia incomum no bob, companheiros. A obra finalmente avança. Gesseiros, eletricistas e pintores colocam a mão na massa. Muito diferente da situação da semana passada, quando só se via poucos funcionários dando aquela morcegada.

Ao visitar a obra, ficamos sabendo que a parte elétrica e a do gesso devem ser finalizadas na próxima semana. Na parte lógica, falta a instalação de poucos itens, o que deve ser feito até sexta. Os manos do ar condicionado iniciaram o processo de instalação na última semana e a previsão é que terminem até o dia 15 de abril.

O destaque fica para a nossa intenção frustrada de entrevistar o empreiteiro. Como estávamos com equipamentos de vídeo, a impressão que tivemos foi de que o nosso amigo ficou com medo de ser filmado. Normal, deve temer. Ou não.

Confira abaixo o vídeo-reportagem produzido pela equipe Nosso Bob hoje à tarde. Lembre-se sempre e sempre: o Bob é nosso.

Para quem não consegue ver o vídeo, ou se ele estiver demorando para carregar, veja AQUI.